СНПЧ А7 Омск, обзоры принтеров и МФУ

 

A Identidade da Filosofia

Objetivo: reconhecer aquilo que define a filosofia, isto é, as características que fazem da atividade filosófica uma prática própria, autônoma, específica e consolidada, essencialmente distinta de outras atividades investigativas.

                                         Tópicos:                                                          Problematização:

Natureza da Filosofia

Pergunta acerca da natureza da filosofia já é uma questão filosófica.

Parte da identidade da filosofia já se revela nesse movimento.

Tentar responder com seriedade a essa pergunta é já filosofar.

Equacionamento e Provisoriedade

Essa questão pode ser solucionada integral e universalmente?

Pontos de vista e mudança de perspectiva: provisoriedade.

Pensamento Filosófico

Rompe com a ingenuidade e com a naturalidade das palavras e ideias.

Lida com ideias, como a própria noção de verdade.

Objeto de Investigação

Não se detém em atestar a verdade de um fato, como a ciência o faz.

Filosofia se preocupa menos com os objetos do conhecimento, e mais com os modos através dos quais as "coisas do mundo"

(fatos ou ideias, concretos ou abstratos) se tornam objetos de investigação.

Trata não meramente daquilo que se pensa, ou seja, dos conteúdos do pensamento, mas do próprio ato de pensar.

Característica Fundamental

É, assim, um pensamento sobre o pensamento.

Mais fundamental característica da filosofia (sua identidade): reflexão.

Filosofia e Sujeito

Modo a partir do qual um sujeito realmente se entende como ser presente na sociedade, lê e se comporta no mundo.

Relação prática cotidiana x Princípios filosóficos.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofando: Introdução à Filosofia. São Paulo, Editora Moderna, 2002.

 

BRASIL. Orientações curriculares para o ensino médio. - Ciências humanas e suas tecnologias. Volume 3, 133 p. Secretaria de Educação Básica. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2006. ISBN 85-98171-44-1.

 

CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. Editora Ática, São Paulo, 2000.

 

MARCONDES, Danilo. Iniciação à História da Filosofia – Dos pré-socráticos a Wittgenstein. Rio de janeiro, Jorge Zahar Ed., 2004.

 

MORENTE, Manuel García. Lições preliminares de Fundamentos de Filosofia.

 

Tradução de Guillermo de la Cruz Coronado. São Paulo: Editora Mestre Jou, 1980.