Bibliografia completa

 

Comentar 3 livros: resumo do conteúdo; avaliação da pertinência para o Ensino Médio

 

Lista:

 

Filosofando: Introdução à Filosofia, Maria Lúcia de Arruda Aranha e Maria Helena Pires Martins, São Paulo, Editora Moderna, 4.ª ed., 2009.

 

Temas de Filosofia, Maria Lúcia de Arruda Aranha e Maria Helena Pires Martins, São Paulo, Editora Moderna, 2ª ed., 2002.

 

Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein – Danilo Marcondes, Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998.

 

Vivendo a Filosofia , Gabriel Chalita,  Editora Ática , Nova edição, 2011

 

Fundamentos da Filosofia: História e grandes temas, Gilberto Cotrim, volume único, 17ª Edição, 2013.

 

Leituras, conceitos e interação, Spinola, Siomara Sodre, Editora LEYA, 1ª ed., 2013.

 

Phylos: pelos caminhos da Filosofia, volume 1 - Gonçalves, Francisco Heitor Simoes, Editora Smile,1ª ed., 2009.

 

Filosofia e Cidadania, Marina, José Antonio, volume único, Editora SM, 1ª ed., 2010

 

Pensando Melhor: iniciação ao filosofar, Wuensch, Ana Miriam e Satiro, Angelica, Editora Saraiva , 4 ed.,2013.

 

 Filosofia: Investigando o pensar, Nogueira, Nonato e Gadelha, Paulo, Edjovem, 1ª ed., 2013.

 

Filosofia – Ensinar e Aprender, Ferrari, Sonia Campaner Miguel, volume único, Saraiva, 2ª ed.

 

Filosofia, Souza, Denilson do Santos de, volume único, Editora do Brasil, 1ª ed., 2012.

 

Convite a Filosofia, Chauí, Marilena, Editora Atica, 14ª ed., 2010.

 

 Conecte Filosofia, Cotrim, Gilberto e Fernandes, Mirna Gracinda, volume único, Saraiva, 2ª ed., 2014.

 

 Filosofia, Bahia, Bruno, volume único, Editora Positivo, 1ª ed.

 

 Filosofia Temática, Cotrim, Gilberto, volume único, Editora Saraiva, 2008.

 

 Filosofia: Experiência do Pensamento, Sílvio Gallo, volume único, Editora Scipione,1ª ed., 2013.

 

Filosofia, Marilena Chauí, Editora Ática, 2001.

 

Para filosofar, CORDI, Cassiano et al., 5 ed., Scipione, 2007.

 

Um outro olhar: filosofia, SOUZA, Sonia Maria Ribeiro de., FTD, 1995.

 

Comentários:

 

Tendo como base o livro didático de Filosofia “Filosofando: Introdução à Filosofia” de Maria Lúcia de Arruda Aranha e Maria Helena Pires Martins, podemos avaliar seu conteúdo didático e notar que este, possui uma das abordagens mais completas em relação aos livros didáticos que encontramos atualmente nas livrarias e editoras. Pode-se concluir que apresenta um bom desempenho de suas propostas, apresentar os textos sobre, por exemplo, ética, teoria do conhecimento e estética da tradição filosófica, os principais pensadores as conseqüências de seus pensamentos, teorias, e os vastos conceitos atribuídos em sua trajetória. Além disso, pretende assim, manter uma interdisciplinaridade.

 O método de abordagem escolhido e proposto pelas autoras nessa obra é o de temas filosóficos em detrimento de uma História da Filosofia, ou seja, em que o conteúdo do tema que é trabalhado pelos professores de filosofia do Ensino Médio é organizado de acordo com a cronologia adotada pela história da filosofia, que se divide entre antiga, medieval, moderna e contemporânea. Dessa forma, a partir de um tema, como por exemplo, a liberdade, são apresentados os diversos pensamentos filosóficos acerca da liberdade, buscando respeitar tal cronologia, ordenando os primeiros pensamentos até os dias atuais. Além disso, é de interesse das autoras, sempre valorizar o pensamento de modo autônomo, não apenas trabalhando o lado puramente histórico, mas propondo também em conjunto com a história e a linguagem, a reflexão do aluno sobre os temas selecionados em cada capítulo da obra. Dando assim, um valor de grande importância para a filosofia. Utilizam como base, uma linguagem acessível para os alunos de nível médio, fazendo ser possível a compreensão dos textos e sua análise.

 

O segundo livro didático a ser avaliado “Temas de Filosofia” das mesmas autoras, possui as mesmas propostas citadas acima sobre o conteúdo. Possui também, o mesmo método de abordagem do conteúdo proposto sobre filosofia. Ou seja, a abordagem se dá a partir de seleção de temas filosóficos associado também a história da filosofia. Continuam com o interesse no estimulo da reflexão dos alunos, em detrimento do conteúdo dado e mantendo assim, o padrão, porém, com algumas atualizações sobre os temas e do conteúdo histórico, passando por várias revisões ao longo da sua produção.

 

Já o livro do autor Gabriel Chalita, “Vivendo a Filosofia”, o terceiro avaliado, não pode ser considerado um livro didático com uma perspectiva positiva, se mostrando bastante limitado. É notório que o autor comete graves falhas em muitos pontos em que, diferentemente da dupla dos livros anteriores, acertam em cheio e não deixam a desejar. Os pontos em que é vista tais falhas são principalmente na problemática dos temas filosóficos, dificultando o aluno de compreender os mesmos, acarretando um distanciamento da finalidade de proporcionar uma reflexão feita pelos alunos acerca dos temas tratados. Outra falha é a ausência de uma interdisciplinaridade em conjunto com a filosofia. Além disso, não possui uma temática qualificada em suas abordagens. O autor não desempenha bem a tarefa de desenvolver uma postura definida de filosofia, para que o leitor possa confrontar com outras posturas existentes e leva-lo a ter um posicionamento próprio em relação à obra. Com isso, entendemos que o livro se baseia em grande parte, no senso estritamente comum, o que não deveria ser o papel de uma obra filosófica. Isso se deve ao fato de que, tendo em vista o compromisso assumido da filosofia como disciplina obrigatória do Ensino Médio, é preciso, desenvolver cidadãos, tratar da ética, valorizar um outro olhar, fundamentalmente crítico, sobre a realidade que nos cerca. Por isso, tais falhas nos levam a não optar por livros didáticos como o apresentado.