René Descartes – Discurso do método.Filósofo, Físico e Matemático.

Formando-se em um colégio Jesuíta, temeu a perseguição religiosa e por isso suas idéias foram expostas com cautela.

O Discurso do método foi à primeira obra importante do físico francês onde já se expõe alguma característica da filosofia moderna.
Ruptura para com a teologia e o antropocentrismo.

 

Para conhecer a verdade todo conhecimento deve ser posto em duvida.
O discurso é dividido em seis partes.

 

 

Discurso do método
primeira parte.

 

 

 

A primeira parte expõe a formação de René e como a escola e as disciplinas mostraram ao filósofo o quão ignorante ele era para com o conhecimento do mundo.


 

 

Descoberta de um método eficaz para o conhecimento e a maneira a qual esse método conduz a razão.

 

 

Discurso do método
segunda parte.

 

 

 

Algumas regras são apresentadas para a busca do verdadeiro conhecimento.


 

 

Regra da Evidência: Somente aceitar algo como verdadeiro desde que seja evidentes sua clareza e distinção.

Discurso do método
terceira parte.

 

Discurso do método
quarta parte.

 

Discurso do método
quinta parte

 

O autor estabelece algumas normas para chegar a razão, como exemplo, nunca ir contra os costumes e normas dos países por onde andou.

 

René dedica essa parte a alguns princípios metafísicos. Para chegar a uma verdade correta tudo o que pode haver a mínima dúvida é falso. A existência de Deus é demonstrada pelo fato dele ser um ser pensante perfeito.
Concluindo com máxima: “Penso, logo Existo.”

 

O autor distingue o homem dos outros animais. Alma, linguagem e liberdade são algumas das características usadas na distinção.
O filósofo também explica o papel da alma no corpo humano