Imagem: Drawing Hands

 

O conceito de causa sui (causa de si) é fundamental para o modo como muitos pensadores medievais e modernos compreenderam a natureza de Deus. Segundo a definição oferecida por Spinoza na Ética, causa de si é aquilo cuja essência envolve a existência, ou aquilo cuja natureza não pode ser concebida senão como existente; é a noção de causa sui o principal alicerce para a idéia Spinozista de um Deus criador imanente, um dos aspectos mais distintivos de sua filosofia, e que se deixa ilustrar com naturalidade pelas “Drawing Hands”, de M. C. Escher.